Com dois gols de Enner Valencia, Equador vence e complica situação de Honduras

Disputando uma ‘sobrevida’ na Copa do Mundo 2014, Equador e Honduras entraram na Arena da Baixada pela quarta partida do Grupo E. Com uma derrota cada, o empate complicaria a situação das duas seleções.

Porém, o equatoriano Enner Valencia não sentiu a pressão da partida e, com dois gols, ajudou o Equador a conquistar a vitória por 2 a 1 e continuar com chances de classificação.

O único gol de Honduras foi marcado pelo atacante Carlo Costly, que entrou para história por marcar o primeiro gol de seu país em copas do mundo.

(Foto: Twitter Oficial da Copa do Mundo FIFA)

Com baixo nível técnico, as duas equipes procuravam abrir espaços na defesa adversária. O Equador apostava na qualidade de seu capitão, Antonio Valencia, enquanto a equipe hondurenha abusava de lançamentos para Costly.

E foi a Honduras que começou a protagonizar lances perigosos, como em uma cabeçada de Bernárdez, que, livre de marcação, finalizou à esquerda do gol do goleiro Domínguez. A pressão foi recompensada e, aos 30’, Costly ganhou dividida no meio campo, arrancou para o gol equatoriano e, da entrada da área, finalizou de perna esquerda para abrir o marcador para a Honduras.

O gol hondurenho pareceu acordar o Equador, que reagiu três minutos depois em chute cruzado de Paredes, a bola passou em frente ao gol de Valladares e encontrou Enner Valencia, que só teve o trabalho de empurrar para as redes, empatando a partida.

Ao final da primeira etapa, a Honduras deu um susto na torcida equatoriana: aos 46’, Bernárdez cobrou falta muito forte, defendida por Domínguez. Um minuto depois, Costly cabeceou a bola na trave e, no rebote, Bengston completou para o gol, mas o árbitro Benjamin Williams anulou o tento alegando toque de mão do hondurenho e finalizou o primeiro tempo.

O Equador mostrou superioridade na segunda etapa e não deu espaços para a seleção hondurenha trocar passes. Aos 19’, Ayoví cobrou falta na área e Enner Valencia subiu mais que a zaga de Honduras e testou firme para virar a partida, marcando seu terceiro gol em duas partidas na Copa do Mundo 2014. O segundo gol equatoriano foi muito parecido com o gol contra a Suíça, na estreia.

Ao final da partida, a seleção equatoriana também teve um gol anulado: em roubada de bola de Antonio Valencia, Enner Valencia recebeu na área e marcou o terceiro gol de sua equipe, que foi anulado pelo árbitro por um toque de mão de Antonio Valencia no início da jogada.

O Equador chega a três pontos e enfrenta a França no Maracanã, dia 24/06 as 17h. A equipe sul-americana precisa vencer os franceses e contar com o saldo de gols para ficar na frente da Suíça e se classificar às oitavas de finais.

Já a Honduras permanece com nenhum ponto e, para se classificar, precisa vencer a Suíça por 3 a 0 e contar com uma vitória francesa sobre o Equador.

Comentários