Magia de Messi supera Irã e classifica a Argentina

2380062_full-lnd

Foi preciso sofrer e acreditar até ao finalzinho, mas a Argentina conseguiu o segundo triunfo consecutivo no Grupo F da Copa do Mundo da FIFA ao vencer o Irã, por 1 a 0. O gol que coloca os sul-americanos nas oitavas de final só surgiu no primeiro minuto de acréscimos do segundo tempo e graças a uma verdadeira obra de arte do pé esquerdo de Lionel Messi.

O Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, esteve muito perto de assistir a mais uma zebra neste Mundial. Depois de conseguir um empate a zero na estreia contra a Nigéria, o Irã esteve muito perto de repetir o feito, desta vez contra a super-favorita Argentina.  A equipe de Carlos Queiroz resistiu a tudo menos a um chute perfeito do três vezes vencedor do prêmio Jogador do Ano da FIFA.

O primeiro tempo foi de mão única rumo ao gol de Alireza Haghighi, que mostrou enorme qualidade ao travar os chutes de Gonzalo Higuain e Kun Aguero. Os escanteios também levavam perigo, mas nem Marcos Rojo nem Ezequiel Garay conseguiram acertar no alvo.

O segundo tempo, porém, foi uma história bem diferente. A Argentina continuou a dominar a posse de bola, claro, mas o Irã se mostrou com muita mais vontade de conseguir chances. E a verdade é que o conseguiu, mas Sergio Romero respondeu à altura, fazendo grandes defesas após os chutes de Reza Goochannejad e Jalal Hosseini.

Aos 86 minutos, Reza chegou mesmo a estar isolado na frente do gol argentino, mas Sergio Romero salvou os sul-americanos que, nos acréscimos, sentenciaram o jogo. Numa jogada bem típica, Messi cortou para o meio e, de canhota, atirou um chute fortíssimo que coloca a Argentina na próxima fase da Copa. 

(Com informações de FIFA-PT)

 
 

 

Comentários