Técnico da seleção sensação da Copa do Mundo recebe salário modesto

20140620170637233770i

A seleção da Costa Rica é a maior surpresa da Copa do Mundo no Brasil. Após duas rodadas, o time da América Central já garantiu sua classificação após duas vitórias, contra Uruguai e Itália, e cumpre tabela diante da Inglaterra, já eliminada, na terceira rodada.

O treinador à frente dos costarriquenhos é o colombiano Jorge Luis Pinto, de 61 anos, que recebe a quantia de R$ 72 mil reais mensais. O salário é irrisório se comparado aos técnicos das maiores seleções, e até dos técnicos do futebol brasileiro da Série A.

O colombiano já dirigiu vários clubes, incluindo a própria Costa Rica entre 2004 e 2005, e a Colombia entre 2007 e 2008. Entre os times, destaque para Deportivo Cali, Alianza Lima e Millionários. 

O técnico já espera pela Inglaterra, e fala em vitória para classificar a Costa Rica, que está hospedada em Santos, em primeiro no 'Grupo da Morte'. "Esperamos mais, é claro. Primeiro, queremos nos classficarmos em primeiro lugar, mesmo sabendo que é difícil enfrentar Inglaterra, mesmo já eliminada", disse. “Que celembrem os constarriquenhos. Sei que ainda é um pouco para um povo que ama a sua equipe. Agora vamos em diante, não temos que parar. É só ter equilíbro emocional e seguir em busca dos nossos sonhos. Estamos felizes por tudo o que fizemos até o momento, mas queremos mais”, concluiu Pinto.

Comentários